26
Sex, Mai

América-MG elimina o Red Bull e pega o Bahia na Copa do Brasil

Futebol
Tipografia

O América-MG chega com moral para a primeira partida da decisão do Campeonato Mineiro, no próximo domingo, contra o Atlético-MG. Isto, porque, pensando exatamente na final estadual, o Coelho poupou alguns titulares nesta quinta-feira, contra o Red Bull Brasil e, ainda assim, alcançou uma justa vitória sobre a boa equipe paulista por 3 a 2, […]

O América-MG chega com moral para a primeira partida da decisão do Campeonato Mineiro, no próximo domingo, contra o Atlético-MG. Isto, porque, pensando exatamente na final estadual, o Coelho poupou alguns titulares nesta quinta-feira, contra o Red Bull Brasil e, ainda assim, alcançou uma justa vitória sobre a boa equipe paulista por 3 a 2, no Independência, garantindo classificação para a próxima fase da Copa do Brasil. Destaque para Borges, que marcou seu primeiro gol pela equipe mineira.

Melhor na partida, o América-MG chegou a encaminhar uma classificação tranquila no Horto, ficando por duas vezes com uma vantagem de dois gols no placar. O bom desempenho, contudo, não impediu que o time mineiro levasse um leve sufoco no final, que a defesa americana soube neutralizar muito bem.

Na próxima fase da Copa do Brasil, o América-MG enfrentará o Bahia, que passou pelo time potiguar do Globo. Já o Red Bull, eliminado na competição nacional e no Campeonato Paulista, deve sofrer um verdadeiro desmanche, o que implicará reconstrução de grande parte de seu elenco para a sequência do ano.

O Jogo – Precisando de um empate sem gols para avançar, o América-MG não quis saber da pequena vantagem no confronto e foi logo abrindo placar com um minuto de partida. Em cobrança de escanteio, Tiago Luís mandou a bola na área e o zagueiro Alisson, na primeira trave, desviou para as redes.

Liderando o marcador, o América-MG passou a administrar o ritmo da partida e corria poucos perigos na defesa, tendo em vista o futebol pouco inspirado do Red Bull, que não conseguia se adaptar ao gramado, bastante molhado devido à chuva que caia no Independência.

Bem na defesa, o Coelho conseguia roubar a bola e partir em velocidade. Desta maneira, o time mineiro chegou perto de ampliar o placar na parte final do primeiro tempo, com Osman e Tiago Luís, porém ambos os jogadores acabaram falhando na finalização.

Na volta do intervalo, o América-MG, assim como no primeiro tempo, não perdeu tempo e marcou o segundo aos três minutos, em bela cabeçada do centroavante Borges, que anotou seu primeiro gol pelo Coelho. Na sequência, o camisa 9 do Red Bull, Edmílson, respondeu de imediato e, em lance semelhante, diminuiu a desvantagem da equipe paulista no placar.

Após os dois gols, a partida ficou mais aberta, com ambas as equipes aparecendo bem no ataque e criando boas chances. O América-MG, porém, foi mais efetivo e Osman, após cruzamento na área, bateu de primeira marcando o terceiro aos 20 minutos.

Sem se entregar, o Red Bull seguiu buscando a classificação no Horto e colocou mais emoção na partida ao marcar o segundo gol, com 36 minutos, em bela cobrança de falta do volante Willian Magrão. O time paulista se mandou para o ataque no final e, apesar de pressionar, não levou perigo, quase sofrendo dois gols do América-MG no contra-ataque.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-MG 3 X 2 RED BULL BRASIL-SP

Local: estádio Independência, em Belo Horizonte 

Data: 28 de abril (quinta-feira) 

Horário: 19h15 (de Brasília) 

Árbitro: Alisson Sidnei Furtado (CBF-TO) 

Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (CBF-DF) e Lehi Sousa Silva (CBF-DF) 

Cartões amarelos: Ernandes e Osman (América-MG); Maylson (Red Bull Brasil)

GOLS 

AMÉRICA-MG: Alison com 1 minuto do primeiro tempo; Borges aos 3 minutos e Osman aos 20 minutos do segundo tempo 

RED BULL BRASIL: Edmílson aos 6 minutos e Edmílson aos 36 minutos do segundo tempo

América-MG: João Ricardo; Pablo, Alison, Sueliton e Bryan; Claudinei (Leandro Guerreiro), Ernandes, Tony (Danilo), Osman e Tiago Luis (Matheusinho); Borges 

Técnico: Givanildo Oliveira

Red Bull Brasil: Saulo; Everton Silva, Anderson Marques (Vítor Hugo), Diego Sacoman e Willian Rocha (Renan Luís); Willian Magrão, Nando Carandina e Maylson; Willie (Hiago), Misael e Edmilson 

Técnico: Maurício Barbieri

 

 

© Terra

Assine a nossa newsletter para receber gratuitamente notificações via e-mail de nossas promoções, eventos e novidades.